Brasil @pt-br

Taubaté vence a Liga Nacional Masculina

Taubaté vence a Liga Nacional Masculina

Fábio Vanini (foto) marcou o gol decisivo no último segundo

Photo: Gabriel Inamine

Photo: Gabriel Inamine

Depois de 60 minutos de batalha intensa na quadra, o TCC/Unitau/Fecomerciários/Tarumã/Taubaté é o novo campeão da Liga Nacional Masculina. Um título que veio apenas no último segundo coroou uma campanha vitoriosa do time do Vale do Paraíba. Venceram o Campeonato Pan-Americano no primeiro semestre e terminaram o Campeonato Paulista com a medalha de prata.

A Metodista/São Bernardo/BESNI começou melhor a partida, abrindo uma vantagem de cinco gols (11-6) e pareceu que iriam vencer a final sem maiores dificuldades. Taubaté lhes provou errado a partir dos 15 minutos quando mudaram o sistema defensivo de 6-0 para 5-1, causando muitas dificuldades para o time de São Bernardo. As jogadas não eram bem armadas e a bola não chegava aos pontas como deveria.

O primeiro tempo terminou em vantagem da Metodista por um gol, 15-14. Mas Taubaté tomou a ponta logo nos primeiros minutos do segundo tempo com uma rápida e agressiva sequência de ataques. O técnico José Ronaldo pediu tempo técnico para reorganizar o time.

Os últimos dez minutos foram eletrizantes. Os gols eram marcados pelas duas equipes e o jogo ficou empatado em várias ocasiões. A Metodista viu que se não agisse rápido, perderia o controle do jogo e o placar seria largo. Taubaté tinha jogadores experientes e sabiam muito bem contra quem estavam jogando. A final parecia se encaminhar à prorrogação quando foi marcado um tiro de sete metros para Taubaté faltando apenas um segundo. O ponta direita Fàbio Vanini deveria marcar ou mais dez minutos seriam jogados. Ele marcou e o campeonato terminou ali.

“É uma emoção muito grande. Joguei por quatro equipes na minha carreira e fui campeão da Liga Nacional por todas elas. Tivemos muita raça. Sabíamos que seria difícil, mas desde o começo tínhamos o brilho de campeão no olhar. Essa final será inesquecível”, comemorou Maik. “Parabenizo o Michael, que fez uma excelente partida, mostrando que o time não pode depender somente de um goleiro. Também agradeço ao grupo todo, que se doou do início ao fim, principalmente ao Thiago (central), que jogou machucado e nos ajudou muito” completa Maik.

Mais cedo, o Esporte Clube Pinheiros venceu Unimed/UEM/Maringá por 32-22 e conquistou a medalha de bronze.

Click to add a comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Brasil @pt-br

More in Brasil @pt-br

Buscando continuidade, Seleção Feminina com atletas atuantes no Brasil se reúne em São Bernardo

Rodrigo FiglioliniJanuary 31, 2014

Perfil – Diogo Hubner

Rodrigo FiglioliniJanuary 9, 2014

Liga Nacional Masculina chega às semi-finais

Rodrigo FiglioliniDecember 13, 2013